quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

Ser feliz

Os antigos Filósofos gregos (ou pelo menos um que agora n me lembro do nome) dizia não são os acontecimentos que nos moldam mas o julgamento que nós fazemos deles...
Não podia concordar mais .. as nossas circunstancias emocionais em ultima instância resultam sempre do julgamento que fazemos das circunstancias envolventes seja esse julgamento consciente ou inconsciente (quase automático) ...mas esse julgamento mesmo inconsciente nunca é herdado quero com isto dizer o julgamento é aprendido n está nos genes, na fase em que esse julgamento é aprendido não temos estruturas cognitivas e racionais que nos permitam fazer a melhor avaliação do modelo de comportamento que estamos á copiar, mas chegados á idade adulta todas estas circunstancias na maioria dos casos são ultrapassáveis se existir real vontade de mudança de quebra da inércia(olhar para o espelho interior) .. Essa quebra de inércia esse ultrapassar de barreiras esse tentar.. envolve sempre riscos , riscos de sair do conforto do conhecido para o desconhecido, Mas é também este salto para o desconhecido este intento, que nos dá a real medida de nosso ser.. que nos permite ver,. que as nossas fronteiras na sua grande maioria são auto impostas, são gravadas nas fundação da nossa consciência no inicio da nossa existência por alguém exterior a nós (pais) mas não nós podemos esquecer que assim que tiramos a carta a responsabilidade é nossa.. o restauro da laje da nossa consciência pertence-nos. .é com certeza mais fácil seguir o caminho com menos resistência, mas se esse fosse o desígnio da natureza teríamos ficado pelas bactérias que são milhões de vezes mais prolíficas que nós...
Como alguém disse um dia tudo o que é herdado só é verdadeiramente nosso quando o merecemos...
É neste quebrar de barreiras que reside na minha humilde opinião (alias como tudo resto)A verdadeira felicidade é este morrer e nascer de novo , o deitar fora do antigo e o construir o novo. Esta sim é para mim a Verdadeira a derradeira a empresa de uma vida, está gravado nos nossos genes... é a consciência em sintonia com a evolução
.
A realidade dos acontecimentos contrasta com a subjectividade da avaliação que fazemos dos mesmos, e o poder de avaliar é todo nosso, mas apesar de subjectiva é essa mesma avaliação que vamos recordar para o resto das nossas vidas e pela qual agimos.. Vamos criar oportunidades em vez de obstáculos.
Vamos ser felizes

1 comentário:

  1. http://www.ted.com/talks/dan_gilbert_asks_why_are_we_happy.html

    ResponderEliminar